segunda-feira, 29 de julho de 2013

JMJ RIO 2013 - EU FUI E FOI MUITO BOM!

Quem me conheceu menino ainda, conheceu um jovem animado, utopista, que achava que o mundo e seus defeitos poderiam ser corrigidos pelos jovens.
Mês passado, diante dos atos “rebeldes” da revolta dos R$ 0,20 eu vi que, não era um sonho. E isso me incentivou a participar da Jornada Mundial da Juventude.
Perdi o prazo das inscrições pela internet e, meu primeiro desafio, fui realizar minha inscrição no sambódromo, como já contei em outro post.
Embora eu estivesse inscrito somente para a vigília e a missa de envio, queria participar de outras partes da programação e, não aceitei a idéia de que não poderia.
Na quarta feira, dia 24, eu queria muito participar da Catequese mas, um amigo me disse que só se eu estivesse inscrito para todo o programa eu poderia participar.
Dia 26 acordei cedo e fui para uma feira no Riocentro que deveria estar aberta às 11:00h, quis a providencia divina que eu não fosse informado disso.
Cheguei ao Riocentro as 08:30h, qual não foi a minha surpresa ver que ali também era um polo de catequese e, o melhor, em português.
Fui acolhido com os demais jovens de zero à oitenta anos ‘que encontrei ali.
Finda a catequese, fui à feira de produtos religiosos. Uma fantástica oportunidade de adquirir literatura, mobiliário, utensílios, enfim, tudo para a manutenção e decoração da igreja ou do templo.
De lá parti para uma feira vocacional na Quinta da Boa Vista onde muitas escolas e comunidades eclesiais se apresentavam aos jovens e davam-lhes as informações necessárias para que, aquele ou aquela que quisesse seguir a vida sacerdotal pudesse fazer a sua opção.
Mais uma vez fui tratado como qualquer outro jovem.
Ainda na Quinta vi uma coisa que me chamou muito a atenção. Muitos jovens peregrinos ou sacerdotes em confessionários espalhados em um pátio. Em cerca de 20 línguas diferentes eram recebidos os jovens a fazerem a sua confissão.
No dia 27, para o qual eu estava credenciado, vi os efeitos da mudança de local dos atos finais da Jornada. Em Guaratiba tudo estava preparado para receber os peregrinos. Haviam banheiros, estrutura de saúde e organização para distribuição dos kits para a vigília mas, com  a troca, nada funcionava muito bem.
A caminhada marcada para começar na Central, agora, começou para muitos no Sambódromo, para mim na Candelária,
A música hora me lembrava a vida militar, outras os acampamentos de carnaval nas praias de Mangaratiba.
Era muito agradável ver a alegria e a espontaneidade dos meninos e meninas que caminhavam em direção à Copacabana.
Muitos, com muita ou pouca fé em Deus, tinham fé que explorar os jornaleiros na venda de alimentos e bebidas (não alcoólica) lhes poderia render o mês inteiro em apenas uma tarde.
Quão bela caminhada, uma jornada de alegria, música, solidariedade, amor por um cenário muito bonito.
Quer pela semana, quer pela ultima noite, muito se cansava e até caiam, outros paravam por alguns instantes para ganhar folego e continuar seguindo.
Foi muito bom chegar a Copacabana e ver que, mesmo tendo saído quase duas horas antes do marcado para a caminhada iniciar a praia já se encontrava lotada.
Sinto-me mais jovem? Não! REJUVENECIDO!
Vi jovens profetizando e voltei a sonhar!
Não teve uma só homilia que não pudesse ter sido pregada em minha igreja, ou qualquer uma igreja cristã.
Com as músicas as mensagens eram de ânimo e afirmação de fé.
A caminhada, a troca de presentes, as novas amizades e, para muitos daqueles jovens, a mudança de vida que a JMJ RIO 2013 trouxe, será para a vida inteira.
Abaixo está a caminhada, algumas das músicas cantadas mas, não dá para passar pelo vídeo o carinho, o amor nem a calor humano que se sentia naquele caminho naquela tarde de sábado!

Paz & Bem!

quinta-feira, 25 de julho de 2013

DEUS É MAIOR

Deus é maior
PIB de Trindade

Levante a cabeça, não fique no chão...
Deus é maior!
Se grande barreira tentar te impedir...
Deus é maior!
Se dizem: coitado, não vai conseguir...
Deus é maior!
Pois vivo é o teu Deus, Ele cuida de ti...
Deus é maior!

Deus é maior do que tudo na vida
Profetize a vitória, você vai conseguir
(em nome de Jesus).

Ainda que tudo pareça perdido...
Deus é maior!
Se as portas se fecham não dando ouvidos...
Deus é maior!
Se canta vitóra o teu inimigo...
Deus é maior!
Pois Deus é fiel, está sempre contigo...
Deus é maior!

Se é grande o teu problema
Quero que nunca esqueças,
Que nem tudo está perdido
Erga a tua cabeça
Cante forte, cante alto:
Deus é maior!

sexta-feira, 19 de julho de 2013

UM EVANGÉLICO INFILTRADO NA JMJ – (1° dia de peregrinação) EU!

Era cerca das 13:10h quando cruzei a Presidente Vargas em direção ao Sambódromo,. Eu havia perdido o prazo de minha inscrição pela internet e tinha de ir até lá para fazer a inscrição e retirar o “Kit do Peregrino”.
O termômetro da Presidente marcava 34° e o sol mostrava suas armas, apesar de estarmos em pleno inverno, e no Sambódromo o concreto fazia ferver tudo que ousasse permanecer ao sol.
Levou cerca de 40 minutos para que eu fizesse minha inscrição e recebesse meu Kit, já que sou morador da Cidade optei pelo mais básico que dá direito a assistir a Vigília e a Missa de envio, no dia 28 de julho.
Mas, apesar de todos os contratempos, posso testemunhar que, há muito tempo, nem mesmo nas igrejas evangélicas pelas quais tenho passado, fui tão bem acolhido e tratado.
Não faltavam sorriso, facilitações, e desejos de boa jornada.
O sol causticante não tirava o bom humor dos estrangeiros, vindos de dentro e de fora do Brasil inteiro.
Foi curioso ver jovens, de todas as idades, cantando e dançando naquele imenso calor.
Foi gostoso ver tanta euforia e tanta paz.
Havia muitos “voluntários” e “sacerdotes” (para mim era uma só coisa) sempre alegres, esbanjando felicidade e contentamento por estarem servindo uma causa tão especial, mais que isso, fazendo um serviço único com o objetivo de cumprir um mandado do Senhor.

IDE FAZEI DISCIPULOS DE TODAS AS NAÇÕES!