quarta-feira, 20 de outubro de 2010

GLÓRIA

—Glória a Deus nas maiores alturas do céu! E paz na terra para as pessoas a quem ele quer bem! Lc 2:14


Na sexta feira passada (15 de outubro de 2010) foi a formatura do Curso de Evangelistas do Distrito de Campo Grande-RJ e, quando estávamos nos preparando para a cerimônia, minha esposa que coordenou o curso para aquela turma, ouviu um coral que ensaiava para a cantata de natal e disse:

- Era esta a música que eu queria para a entrada dos formando!

Antes que eu pudesse sugerir qualquer coisa, ela foi ao local onde ensaiavam, fez o convite para participarem da Cerimônia e, ainda que envergonhados “por não estarem devidamente apresentáveis”, o desafio aceitaram.

A musica que marcou, então aquela entrada tem o sugestivo titulo de GLÓRIA e, como musica de natal, seu autor não poderia ter nome mais sugestivo, Isaac Nicolau Salum. A harmonização se deu em 1956 por Warrem M. Angell.

Este antigo hino de Natal (um Noel francês publicado no séc. XVIII) comunica de uma maneira maravilhosa a mensagem de Lucas 2. 1-20. Por todo o cântico, a frase “Glória a Deus nas Alturas” se destaca. Os anjos surgem cantando-a ao ver o Infante Jesus, os pastores adicionam seus louvores ao dos anjos. Este infante celestial no berço rude é o Salvador amado! Por isto, nós, com todos os povos e tribos também devemos celebra-lo. Homens e anjos glorificam a Deus e adoram ao Infante celestial porque reconhecem que Ele já possui a glória e majestade de Deus. Ele merece o nosso amor, porque nos trouxe a paz com Deus que não merecíamos, paz que é parte integral da sua salvação.

Os mais antigos cânticos do Natal de origem popular francesa datam do séc XI. Eram cantos espirituais em honra a Nosso Senhor. Floresceram especialmente no séc XVI e ao longo dos séculos, pouco a pouco ilustres músicos passaram a fazer arranjos, harmonizações e coleções destes cânticos.

Isaac Nicolau Salum traduziu este maravilhoso hino de natal do francês para o português em 1942. Como autor de expressivos poemas e hinos sacros. O prof. Salum tem numerosas produções em vários hinários evangélicos. Escreveu o texto para a cantata O Esperado das Nações, do dedicado músico, Albert W. Ream em 1943.

Warrem Mathewson Angell é conhecido pelos seus muitos anos como Deão da Escola De Belas Artes da Universidade Batista de Oklahoma.Nasceu no Brooklyn, Estado de Nova Iorque, EUA, em 13 de maio de 1907. Estudou canto e piano com professores de renome e na universidade de Syracuse (NI), completando o Bacharelado em 1929 e Mestrado em 1933. Também se bacharelou em pedagogia na Universidade Columbia do mesmo estado em 1944. Angel lecionou na Faculdade de pedagogia em Muray, Estado de Kentucky, até 1936, quando se transferiu para Oklhoma. Antes de aposentar-se da posição de Deão daquela instituição, criou fama como professor exemplar e excelente administrador e regente coral.Suas contribuições como compositor arranjador e autor são notáveis. Vive em “aposentadoria ativa” em Black Mountain, estado da Carolina do Norte.

Fonte: http://www.musicaeadoracao.com.br









SURGEM ANJOS PROCLAMANDO   

1. Surgem anjos proclamando
   Paz na Terra, e a Deus, louvor.
   Vão seus hinos ecoando
   Nas montanhas, ao redor.  

Côro:    Glória, glória a Deus nas alturas!
         Glória, glória a Deus nas alturas!  

2. Vão-se alegres os pastores
   Ver o Infante celestial,
   E acrescentam seus louvores
   Ao louvor angelical.  

3. Berço rude, Lhe foi dado,
   Mas do Céu Lhe vem louvor.
   Ele é o Salvador amado,
   Bem merece o nosso amor.  

4. Povos, tribos, celebrai-O!
   "Glória a Deus", também dizei.
   De joelhos adorai-O;
   Ele é o Cristo, o grande Rei !



video