sexta-feira, 16 de setembro de 2011

MEU POVO SOFRE POR FALTA DE CONHECIMENTO!





E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. João 8 : 32





História 

Surgiu na Inglaterra, com o propósito de evangelizar crianças que ficavam sem atividade durante os serviços de domingo. Atualmente, esta atividade envolve os membros da congregação, em todas as faixas etárias e acontece em horário diverso ao serviço religioso. No Brasil, a maioria das comunidades adota a EBD matinal e os serviços religiosos vespertinos, mas algumas realizam a EBD horas antes do início dos cultos. Em países como EUA e na Inglaterra, todas as atividades dominicais acontecem durante a manhã. A Igreja Católica Romana e as Igrejas Ortodoxas Orientais comumente mantém escolas paroquiais, e parte da educação ali oferecida é, naturalmente, de cunho religioso. Muitos grupos protestantes, em contraste com isso, tradicionalmente têm dependido do sistema de escolas públicas no que concerne à educação secular. Assim, foi apenas natural que, como meio de ensinar a Bíblia às crianças, a Escola Dominical tenha sido uma criação protestante. Ademais, tem sido sempre típico da ênfase protestante salientar os estudos bíblicos, o cerne mesmo da Escola Dominical. Porém, como uma espécie de escola dominical sem, contudo, receber este nome um Arcebispo Católico Romano de Milão, Itália, criou um movimento semelhante ao Movimento de Escola Dominical. Carlos Borromeo, segundo filho de uma família muito rica, filho do Conde Gilberto Borromeo e Margarita de Médicis, nascido no Castelo de Arona, Itália, em 2 de Outubro de 1538, considerando a morte de seu irmão, que caiu do cavalo em que cavalgava, como um aviso enviado pelo céu, para estar preparado, pois, no dia em que ele menos pensasse, Deus, por meio da morte, viria acertar-lhe as contas, renunciou às suas riquezas e foi ordenado sacerdote. Aos doze anos recebeu a tonsura sacerdotal e seu tio, Júlio César Borromeo, o Cardeal de Médicis, lhe cedeu a abadia beneditina de São Graciano e São Felino, em Arona. Depois de estudar latim em Milão, o jovem Carlos ingressou na Universidade de Pavia, estudando sob a direção de Francisco Alciati, que mais tarde foi promovido ao Cardinalato. Carlos tinha muita dificuldade com a retórica e sua inteligência não era deslumbrante, sendo considerado lento, embora fizesse progressos em seus estudos. Aos 22 anos, quando seus pais já eram falecidos, alcançou o título de Doutor e, em seguida, retornou a Milão, onde recebeu a notícia de que seu tio, o Cardeal de Médicis fora eleito Papa em um conclave, em 1559, por ocasião da morte do Papa Paulo IV. No início de 1560, o novo Papa ordenou seu sobrinho a diácono, e, em 8 de fevereiro, o nomeou administrador da sede vacante de Milão. O princípio do nepotismo beneficiou Carlos, que foi nomeado, sucessivamente, Legado de Bolonha e da Marca de Ancona, Protetor de Portugal, dos Países Baixos, dos Cantões Católicos Suíços, das Ordens Monásticas dos Franciscanos, Carmelitas, dos Cavaleiros de Malta e muitas outras, antes de completar 23 anos. A influência de Carlos aumentou tanto que se tornou decisivo no reinício das sessões do Concílio de Trento, intenção de seu tio, o Papa Pio IV, suspenso em 1552. Seus esforços foram um sucesso, e o Concílio voltou a reunir-se em janeiro de 1562, tornando-se o diretor intelectual e o espírito reitor da terceira e última sessão do Concílio de Trento. Foi ordenado presbítero (padre) em 1563 e, dois meses tarde, recebeu a consagração episcopal. Foi confiado a ele a supervisão da publicação do Catecismo de Trento e a reforma dos livros litúrgicos e da música sagrada. Em abril de 1566, Carlos chegou a Milão para trabalhar na reforma de sua Arquidiocese, organizando sua própria casa. Estabelecido em Milão, Carlos vendeu objetos preciosos da Arquidiocese, avaliados em 30.000 coroas, soma que foi usada para socorrer famílias necessitadas. Sua diocese sustentava pobres com 200 coroas mensais. A generosidade de Carlos foi tamanha para com o Colégio Inglês de Douai, na época, pertencente à Inglaterra, que o Cardeal Allen, considerou o Arcebispo de Milão como seu fundador. Na Arquidiocese de Milão pouco se conhecia acerca da religião, e as práticas religiosas configuravam superstição, além de haver abusos morais. Carlos, então, ordenou aos clérigos sob sua liderança que atendessem a instrução cristã das crianças, ensinando publicamente o catecismo todos os domingos e feriados, estabelecendo a Companhia da Doutrina Cristã, que chegou a contar com 740 escolas, 3000 catequistas e 40000 alunos, dois séculos antes de Robert Raikes criar a Escola Dominical. Robert Raikes e a Primeira Escola Dominical no Mundo A Escola Dominical, como criação de cristãos evangélicos, tem sido reclamada a sua criação para diversas pessoas, muitas delas metodistas, devido a própria visão social que o Grande Despertamento fazia revelar-se nos líderes avivalistas. John Wesley iniciou estudos bíblicos dominicais em Savannah, Geórgia, em 1737. Entre 1763 e 1769, Hannah Ball Moore, uma senhora metodista começou estudos bíblicos dominicais em sua própria casa e, a partir de 1769, nas dependências da Igreja (Anglicana) High Wycombe. Na década de 1770, o Ministro Unitariano Theophilus Lindsey proveu lições bíblicas dominicais em sua igreja, a Capela da Rua Essex, em Londres. O Rev. J. M. Moffatt,, Ministro Independente de Nailsworth, passou a lecionar estudos bíblicos dominicais já em 1774. Em Ephata, Pennsylvania, em Washington, no Estado de Connecticut, no início de 1780 já se usavam o Catecismo de Westminster e a Bíblia em estudos bíblicos dominicais das igrejas presbiterianas. Howard J. Harris declarou que, em 1780, estudos bíblicos dominicais eram feitos em cidades de Gloucester e em vilas da Inglaterra, como Painswick e Dursley. E um ministro metodista de Charleston, Carolina do Sul, em 1787, chamado George Daughaday, administrou estudos bíblicos dominicais a crianças negras americanas. Mas o Movimento de Escola Dominical, propriamente dito, teve como criador Robert Raikes. Robert Raikes (14 de Setembro de 1735-5 de Abril de 1811), filho de Robert e Mary Raikes, foi quem originou o Movimento de Escola Dominical. Anglicano, Raikes foi batizado na infância na Igreja (Anglicana) de Santa Maria da Cripta e educado na Escola da Cripta, ambos na Rua Southgate, em Gloucester, e, mais tarde, na Escola dos Reis. Tornou-se aprendiz de Jornalismo com seu pai, dono do Diário de Gloucester. Quando seu pai faleceu, em 1757, Raikes assumiu a editoria do jornal, aumentando o tamanho do jornal e melhorando o layout. Raikes se interessava pela reforma prisional inglesa, por causas das condições terríveis a que os presos eram submetidos. Certo dia, procurando um jardineiro na Rua Saint Catherine, no bairro de Sooty Alley, ele encontrou um grupo de crianças maltrapilhas brincando na rua. A esposa do jardineiro disse, então, que aos domingos a situação era pior, pois as crianças que trabalhavam nas fábricas, de segunda a sábado, durante horas muito longas, ficavam desocupadas nesse dia, quase abandonadas, passando o tempo brincando, brigando e aprendendo toda espécie de vícios. Elas extravasavam toda sorte de violência nesse dia. Essas crianças, constatou Raikes, estavam a um passo do mundo do crime e ele chegou a ver o destino de muitas delas, ao visitar as prisões de Gloucester. Raikes resolveu estabelecer uma escola gratuita para esses meninos de rua. Então, Raikes contratou uma equipe de quatro mulheres no bairro para lecionar, recebendo um xelim e seis pence, cada uma. Com a ajuda do Rev. Thomas Stock, Ministro Anglicano, Raikes pôde logo associar cem crianças, de seis aos doze ou quatorze anos, nestas escolas dominicais. A primeira foi instalada na Rua Saint Catherine. Seu objetivo principal não era ensinar a Bíblia, mas alfabetizar os alunos e ministrar aulas de religião com o propósito de reformar a sociedade. O objetivo último era modificar-lhes o caráter usando os ensinamentos bíblicos. Assim, a Escola Dominical nasceu como um instituto bíblico infantil, operando de forma independente das igrejas, alfabetizando e ensinando Bíblia às crianças carentes. Algumas crianças, a princípio, relutaram em vir para as escolas porque as suas roupas estavam tão rotas, mas Raikes providenciou tudo de que eles precisavam, inclusive banho e cabelos penteados. As aulas começavam às 10 horas da manhã e iam até as duas da tarde, com lições de matemática, história e inglês, com um intervalo de uma hora para o almoço. Eles eram levados então à igreja para serem instruídos no catecismo até as 17:30 h. Recebiam pequenas recompensas, como livros, canetas, jogos, aqueles que tivessem dominado a lição ou aqueles cujo comportamento tivessem mostrado uma melhoria notável. Entrementes, recebiam castigo corporal aqueles de mau comportamento, como era do costume pedagógico da época. Depois de um período experimental, Raikes divulgou suas idéia e os resultados em seu jornal, no dia 3 de Novembro de 1783, data em que se comemora, na Grã-Bretanha, o dia da Fundação da Escola Dominical. Esta experiência foi transcrita em outros jornais. Líderes religiosos tomaram conhecimento do movimento que se espalhava. Em 1784, eram 250 mil alunos matriculados. A taxa de criminalidade de Gloucester caiu, com o advento das escolas dominicais de Raikes, de forma que em 1792 não houve um só caso julgado pela comarca de Gloucester. O trabalho de Raikes foi saudado com entusiasmo, e em breve, escolas dominicais já estavam sendo criadas em todo o Reino Unido e exportadas para os Estados Unidos. Seu trabalho foi muito assessorado pelo comerciante William Fox (1736-1826), diácono da Igreja Batista da Rua Prescott, em Londres. Impressionado pelas escolas dominicais fundadas por Raikes que eram responsáveis pela redução do índice de criminalidade de Gloucester, Fox chamou Raikes para formar uma associação para promoção e criação de escolas dominicais. Foi criado, então em 1785, a Sunday School Society of Great Britain (Sociedade da Escola Dominical da Grã-Bretanha), com o apoio dos bispos anglicanos de Chester e Salisbury. Essa sociedade foi ajudada por muitos filantropos, podendo abrir cerca de trezentas escolas dominicais, suprindo-as com livros, material didático e professores. Esta sociedade publicou, na gráfica de Raikes, o Sunday School Companion, livro com versículos bíblicos para leitura. Em 1787, segundo depoimento de Samuel Glasse, 200 mil crianças eram alunas da Escola Dominical em toda a Inglaterra. Houve, no entanto, uma forte oposição ao movimento de Raikes, que era considerado por alguns líderes religiosos como um movimento diabólico, porque era à parte das Igrejas e era dirigido por leigos, isto é, pessoas que não tinham formação religosa. O Arcebispo de Canterbury reuniu os bispos para considerar o que deveria ser feito para exterminar o movimento. Chegou-se a pedir que o Parlamento, em 1800, aprovasse um decreto para proibir o funcionamento de escolas dominicais. Achavam que este movimento levaria à desunião da Igreja e que profanava “o dia do Senhor”. Tal decreto nunca foi aprovado. Em 1802, Raikes se aposentou, e, em 1811, após um ataque de coração, veio a falecer. Seus alunos vieram ao funeral, na Igreja (Anglicana) de Santa Maria do Filão e receberam da Sra. Raikes um xelim e uma fatia de um grande bolo de ameixa cada um. Quando Raikes faleceu, quatrocentos mil alunos estavam matriculados nas diversas escolas dominicais britânicas. Nesse ano ocorreu a divisão em classes, possibilitando alfabetização de adultos. John Wesley e o Movimento da Escola Dominical John Wesley (1703-1791) também foi uma grande força por detrás da propagação do Movimento de Escola Dominical. Ele chegou a dizer que “encontro estas escolas aonde quer que eu vá”. Essa declaração foi publicada no Diário de Gloucester em julho de 1784. A Igreja Metodista da Inglaterra, fundada após sua morte, deve muito de seu fenomenal crescimento às Escolas Dominicais das Sociedades Metodistas da Igreja da Inglaterra, estabelecidas por Wesley, entre outros, na Inglaterra e nos Estados Unidos. A Primeira Escola Dominical na América Nos Estados Unidos, a primeira Escola Dominical reconhecida foi a escola bíblica fundada por William Elliot em 1802. Ela funcionava em sua fazenda aos domingos à tarde. Mais tarde, foi transferida para a Igreja (Anglicana) de Oak Grave, no condado de Accomac, Virgínia. No começo do século XIX, foram fundadas muitas escolas dominicais nos mais diversos lugares dos Estados Unidos e o crescimento delas foi nada menos que fenomenal. Várias uniões formais de Escolas Dominicais foram organizadas, para ensino tanto de crianças quanto de adultos. Não demorou para que as Igrejas Evangélicas entendessem que era necessário ensinar a Bíblia a seus membros, em regime semanal, o que poderia ser feito, através da Escola Dominical. Em 1824, a União Americana de Escolas Dominicais contava com escolas em dezessete dos trinta e quatro estados americanos então existentes. Mesmo assim, a Escola Dominical continuava nas mãos de leigos em sua maioria, embora já contassem com profissionais do magistério então. A Escola Dominical no Brasil A Igreja Metodista trouxe a Escola Dominical para o Brasil. Em 1836, o Rev. Justin Spaulding organizou no Rio de Janeiro, entre estrangeiros, uma congregação com cerca de 40 pessoas e em junho abriu uma Escola Dominical com 30 alunos, dos quais alguns eram brasileiros, ensinados na sua própria língua. Mas o espírito de Raikes, em criar um “instituto bíblico infantil”, somente surgiu dezenove anos mais tarde, através do casal de missionários escoceses independentes, Robert e Sarah Kalley. Eles são considerados os fundadores da Escola Dominical no Brasil. Em 19 de agosto de 1855, na cidade imperial de Petrópolis, no Rio de Janeiro, eles dirigiram aquela que é considerada a primeira Escola Dominical em terras brasileiras. Sua audiência não foi grande: apenas cinco crianças assistiram àquela aula. Mas foi suficiente para que seu trabalho florescesse e alcançasse os lugares mais retirados de nosso país. Essa mesma Escola Dominical deu origem à Igreja Evangélica Fluminense, marco da Igrejas Evangélicas Congregacionais no Brasil. Hoje, no local onde funcionou a primeira Escola Dominical do Brasil, acha-se instalado um colégio (Colégio Opção, R. Casemiro de Abreu - segundo informações da Igreja Congregacional de Petrópolis). Mas ainda é possível ver o memorial que registra este tão singular momento do ensino da Palavra de Deus em nossa terra. O programa de disciplinas das EBD é geralmente determinado pelo departamento de educação e pode envolver estudo sistemático de livros bíblicos, bem como fundamentos doutrinários ou temas relacionados com grupos específicos, como classes para casais, para adolescentes, para novos adeptos ou para catecúmenos; sempre baseados em fundamentos bíblicos. Currículo Evolução no Currículo e nos Métodos No começo do movimento, ensinava-se às crianças a ler e a escrever, e então a Bíblia lhes era ensinada com proveito. Essa função foi sendo abandonada, à medida que as escolas públicas se foram ocupando da alfabetização. Assim, a Bíblia tornou-se, virtualmente, o único material exposto na Escola Dominical, contando o dinheiro recolhido e quantos alunos frequentam, divididos por classes, a Escola Dominical. Entrementes, a educação religiosa tem assumido um escopo mais amplo, e escolas regulares têm-se tornado uma das funções de muitas igrejas. Isso tem feito a Escola Dominical tornar-se mais especializada. Várias denominações têm uma literatura especial (revistas), bem como alguma forma de apresentação sistemática de estudos bíblicos. Em algumas escolas também são debatidos temas seculares sob a ótica doutrinária de cada denominação. Antigas revistas de escola dominical utilizadas pela Assembléia de Deus Os métodos didáticos utilizados são os comuns a outras práticas educativas: de acordo com a faixa etária da classe são utilizados elementos como vídeo, esquetes, marionetes, música, além das tradicionais brochuras com 13 lições que giram em torno de um tema central e que são utilizadas em praticamente todas as escolas dominicais, sendo geralmente produzidas por uma editora vinculada à própria denominação. Objetivos da Escola Dominical Evangelização - Fornecer aos novos convertidos e a membros da igreja estudo bíblico. Santificação - Ensinar os fiéis a viverem de acordo com os princípios bíblicos defendidos pela denominação. Serviço - Preparar e incentivar os membros a servir ao Senhor de diferentes formas: evangelizando, apoiando os enfermos e necessitados enfim trabalhar na obra tendo amor por ela e assim alcançar almas para o reino. Organização A distribuição de departamentos e classes geralmente se faz em função da idade e do gênero dos alunos. Na maioria das igrejas protestantes há pelo menos 3 turmas infantís (por exemplo: uma turma de 1 a 3 anos, outra de 4 a 7 anos e mais uma de 8 a 11 anos) somadas a uma turma de adolescentes (para alunos entre 12 e 18 anos), uma turma de jovens (que geralmente aceita fiéis até 30 ou 35 anos e em geral não recebe casados). Os casados e adultos maiores de 30 anos geralente são divididos em duas turmas, de acordo com o gênero, mas também há igrejas que reúnem homem e mulheres casados em uma só turma. Os professores das escolas dominicais são geralmente membros leigos e com larga experiência religiosa. http://pt.wikipedia.org/wiki/Escola_Dominical































          HOMENAGEM ESPECIAL ÀS CRIANÇAS DE JARDIM GUARATIBA



                   AMANHÃ SERÃO ELES CONTANDO ESTA HISTÓRIA!

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

VIVA O FIM DE SEMANA! - III




Não estejais ansiosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer, ou pelo que haveis de beber; nem, quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Mt 6.25  

Fui pego em uma das coisas contra as quais eu mais prego, a ANSIEDADE!
Quero me desculpar com você que convidei para ver o post comemorativo do dia da ESCOLA DOMINICAL, o DIA DA ESCOLA DOMINICAL é o terceiro domingo de setembro, não o segundo. nas segui o ritmo das outras festas dominicais!
Te agradeço a compreensão e o carinho. semana que vem temos a comemoração!
Ah! aproveitei e fiz uma homenagem aos meus seguidores no Twitter que se apresentam como cantores!
























sexta-feira, 2 de setembro de 2011

VIVA O FIM DE SEMANA! - II

Mais uma vez é chegado o fim de semana (Graças a DEUS!) e o nosso Bloguinho tá ousando em manter uma playlist para lhe alegrar!
Deus nos abençoe!





Noites Traiçoeiras

Pe. Fabio de Melo




Deus está aqui neste momento.
Sua presença é real em meu viver.
Entregue sua vida e seus problemas.
Fale com Deus, Ele vai ajudar você.

Deus te trouxe aqui
Para aliviar o teu sofrimento.
É Ele o autor da Fé
Do princípio ao fim,
De todos os seus momentos.
(refrão)
E ainda se vier noites traiçoeiras,
Se a cruz pesada for, Cristo estará contigo.
O mundo pode até fazer você chorar,
Mas Deus te quer sorrindo. (bis)
Seja qual for o seu problema
Fale com Deus. Ele vai ajudar você.
Após a dor vem a alegria,
Pois Deus é amor e não te deixará sofrer.
Deus te trouxe aqui
Para aliviar o seu sofrimento.
É Ele o autor da Fé
Do princípio ao fim,
De todos os seus momentos.
(refrão)
E ainda se vier noites traiçoeiras,
Se a cruz pesada for, Cristo estará contigo.
O mundo pode até fazer você chorar,
Mas Deus te quer sorrindo.








Amar você 


FERNANDA BRUM



Quando o amor toca o coração
Traz um sentimento maior que a paixão
Basta um olhar, um toque e nada mais
Pra fazer feliz como só você me faz
Deus uniu as nossas vidas de uma vez
E cada dia é o primeiro outra vez
Como um primeiro olhar nada nunca vai mudar
Não vai mudar, não vai mudar...
Quando o amor toca o coração
O tempo pára, a vida vira uma canção
E não há nada melhor do que amar você
Eu nunca vou te perder
Foi Deus quem me deu você
É como poder sonhar
E nunca Acordar









PALAVRA 


Lauriete


Com gemidos que palavras não podem explicar
Ele leva ao Pai as minhas interseções
Quando dobro os meus joelhos
Em meio as tribulações
Ele ouve o gemido do meu coração
Ó Jesus a Ti confesso não da pra viver
Sem sentir a tua presença em meu ser
Sou eterno dependente
Ser humano tão carente
Estou de novo aqui e quero teu poder
Refrão
Ainda que, pra te servir Jesus eu tenha que chorar
Te servirei porque comigo estará
Sofrer contigo é bem melhor do que errar
Perdoa-me porque as vezes não consigo nem falar
Logo as lagrimas meus olhos vem molhar
Como um sinal que tu estás neste lugar...
Ó Jesus a ti confesso não da pra viver
Sem sentir a tua presença em meu ser
Sou eterno dependente
Ser humano tão carente
Estou de novo aqui e quero teu poder
Repete Refrão






FAMÍLIA

Regis Danese

Te agradeço pela minha família
E por tua presença no meu lar
Te agradeço pelo pão de cada dia
Que o Senhor nunca deixou faltar
Te agradeço pela nossa harmonia
Só em ti Senhor podemos confiar
Já te agradeço pelas tuas maravilhas
E os milagres que ainda há de operar
A minha família é bênção do Senhor
Me ensina a tratar minha família com amor
Edifica minha casa para o teu louvor
A minha família é um presente do Senhor





AOS OLHOS DO PAI 

                                                                        PROF. GABRIEL


Aos olhos do Pai,
Você é uma obra prima
Que Deus planejou,
Com suas próprias mãos pintou

A cor de sua pele
Os seus cabelos desenhou
Cada detalhe,
Num toque de amor

{bis}

Você é linda demais,
Perfeita aos olhos do Pai
Alguém igual a você
Não vi jamais

Princesa linda demais
Perfeita aos olhos do Pai
Alguém igual a você
Não vi jamais

Aos olhos do Pai,
Você é uma obra prima
Que Ele planejou,
Com suas próprias mãos pintou

A cor de sua pele
Os seus cabelos desenhou
Cada detalhe,
Num toque de amor

Nunca deixe alguém dizer
Que não é querida
Antes de você nascer
Deus sonhou com você

{bis}

Você é linda demais,
Perfeita aos olhos do Pai
Alguém igual a você
Não vi jamais

Princesa linda demais
Perfeita aos olhos do Pai
Alguém igual a você
Não vi jamais

{bis}










É Tudo Teu Senhor
Mariana Valadão




Onde mais eu poderia encontrar
Essa paz em todo tempo cansei de procurar
Solidão e amargura eu encontrei
Um vazio em minha alma foi que eu achei

Eu só quero uma chance de recomeçar
Só preciso de Você pra me ajudar
Hoje eu venho a Ti, Te entrego meu tudo
É tudo Teu Senhor é tudo Teu Senhor
Hoje eu venho a Ti, Te entrego meu tudo
E tudo Teu Senhor é tudo Teu Senhor

Hoje eu venho a Ti Jesus, Te entrego tudo
Tudo o que sou é Teu Senhor!

Eu só quero uma chance de recomeçar
Só preciso de você pra me ajudar
Hoje eu venho a Ti, Te entrego meu tudo e tudo
Teu Senhor é tudo Teu Senhor
Hoje eu venho a Ti, Te entrego meu tudo e tudo
Teu Senhor é tudo Teu Senhor

Hoje eu venho a Ti, Te entrego meu tudo e tudo
Teu Senhor é tudo Teu Senhor
Hoje eu venho a Ti, Te entrego meu tudo e tudo
Teu Senhor é tudo Teu Senhor

Hoje eu venho a Ti, Te entrego meu tudo e tudo
Teu Senhor é tudo Teu Senhor
Hoje eu venho a Ti, Te entrego meu tudo e tudo
Teu Senhor é tudo Teu Senhor

(espontâneo)

Hoje eu venho a Ti, Te entrego meu tudo é tudo
Teu Senhor é tudo Teu Senhor
Hoje eu venho a Ti, Te entrego meu tudo é tudo
Teu Senhor é tudo Teu Senhor









  • Sing Out
    Ron Kenoly

  • Cantai perto está o senhor
    Construa a Ele um templo aqui
    Um palácio do louvores
    Um trono de agradecimentos
    Feito para o Rei dos Reis
    Cante uma canção alegre
    Seu amor vai sobre e sobre
    Quando os elogios abundarem
    Sua glória nos rodeia
    Preenchendo seu templo aqui
    Cante o senhor está próximo

    O senhor habita na canção de Seus santos
    E vive em seus louvores

    Nós viemos adorar juntos como Um
    Com música e canto
    Alegrai-vos em tudo qu o Pai tem feito
    Vamos levantar e oferecem







  • Reina Em Mim
    Vineyard

  • Sobre toda a terra Tu és o Rei
    Sobre as montanhas e o pôr-do-sol
    Uma coisa só meu desejo é:
    Vem reinar de novo em mim

    Reina em mim com Teu poder
    Sobre a escuridão
    Sobre os sonhos meus
    Tu és o Senhor de tudo o que sou
    Vem reinar em mim, Senhor

    Sobre o meu pensar, tudo que eu falar
    Faz-me refletir a beleza que há em ti
    Tu és para mim mais que tudo aqui
    Vem reinar de novo em mim

    Reina em mim com Teu poder
    Sobre a escuridão
    Sobre os sonhos meus
    Tu és o Senhor de tudo o que sou
    Vem reinar em mim, Senhor






    • Segurança do Crente
      Coral Evangelico
    • Oh! Quão preciosa e rica promessa
    • De Jesus Cristo, celeste Rei.
    • Ao que confia na sua graça
    • Diz ele: “Nunca te deixarei!”
    • Oh! Não temas! Oh não temas!
    • Pois eu contigo sempre serei.
    • Oh! Não temas! Oh! Não temas!
    • Porque eu nunca te deixarei!
    • Para remir-te dei o meu sangue.
    • Vem sem demora, pois te chamei.
    • Meu, para sempre, tu és agora;
    • Nunca, sim, nunca te deixarei.

    • ’Inda que indigno foste escolhido,
    • Jamais vaciles porque eu te amei.
    • Quem dos meus braços pode arrancar-te?
    • Seguro sempre te guardarei!


  • Why We Sing
    Kirk Franklin
    Alguém fez essa pergunta
    Por que nós cantamos?

    Quando levantamos nossas mãos a Jesus
    O que isso significa realmente?

    Alguém pode querer saber

    Quando nós cantamos nossa música

    Algumas vezes nós podemos chorar

    Sem nada estar errado

    Eu canto porque estou feliz

    Eu canto porque estou livre
    Seu olho está no pardal
    É por isso que cantamos
    Glória
    Aleluia
    É por isso que cantamos
    Glória
    Aleluia
    Meus louvores são pra Ti
    Glória
    Aleluia
    Você é a razão de nós cantarmos
    E quando a música termina
    E todos já disseram
    Amém
    Seu coração continua cantando
    E a canção nunca tem fim
    E se alguém te perguntar
    Se isso foi apenas um show
    Levante suas mãos e seja testemunha
    E diga ao mundo inteiro
    Não
    E quando atravessarmos esse rio
    Para não estudar mais guerras
    Nós cantaremos nossas canções para Jesus
    O único que nós adoramos






  • Espera no Senhor

    Eliana Ribeiro


    Espera no senhor
    Mesmo quando a vida pedir de ti mais do que podes dar
    E o cansaço já fizer teu passo vacilar
    Espera no senhor
    Mesmo se a solidão teu peito machucar
    E te der vontade de ir embora e tudo abandonar
    Refrão
    Espera no senhor
    Há um Deus que te ama e ele tudo pode transformar
    Seu amor te sustentará, espera n'Ele
    E ele tudo fará, tudo fará
    Espera no senhor
    Mesmo se o coração angustiado está
    Por ver alguém que amas longe do Senhor andar





    Joyful Joyful 


    Mudança de hábito 2


    Alegres, alegres, nós Te adoramos
    Deus de Glória, Senhor de Amor
    corações desdobrados como flores ante a Ti
    abrindo-se para o sol acima
    alegres, alegres, nós Te adoramos
    Deus de glória, Senhor de Amor
    corações desdobrados como flores ante a Ti
    abrindo-se para o sol acima
    derreta as núvens de pecado e tristeza
    guie as trevas da dúvida embora

    Alegres, alegres, nós Te adoramos
    corações desdobrados como flores ante a Ti
    alegres, alegres, nós Te adoramos
    alegres, nós Te adoramos

    Todas as Tuas obras com alegria Te cercam
    Terra e céu refletem os Teus caminhos
    estrelas e anjos cantam ao seu redor
    centro de adoração ininterrupta
    derreta as núvens de pecado e tristeza
    guie as trevas da dúvida embora
    Deus, nosso Pai
    Cristo, nosso irmão
    todos que vivem em amor são Teus
    nos ensine como amar uns aos outros
    nos eleve à alegria divina

    Oh, Deus, nosso Pai
    Cristo, nosso irmão
    todos que vivem em amor são teus
    nos ensine como amar uns aos outros








    Sonda-me
    Padre Marcelo Rossi

    Senhor,
    Eu sei que tu me sondas
    Sei também que me conheces
    Se me assento ou me levanto
    Conheces meus pensamentos
    Quer deitado ou quer andando
    Sabes todos os meus passos
    E antes que haja em mim palavras
    Sei que em tudo me conheces
    Senhor, eu sei que tu me sondas (4 vezes) Refrão
    Deus, tu me cercaste em volta
    Tuas mãos em mim repousam
    Tal ciência, é grandiosa
    Não alcanço de tão alta
    Se eu subo até o céu
    Sei que ali também te encontro
    Se no abismo está minh'alma
    Sei que aí também me amas
    Senhor, eu sei que tu me sondas (4 vezes) Refrão
    Senhor, eu sei que tu me amas (4 vezes) Refrão


    Junto A Ti
    Mauricéia

    JUNTO A TI SENHOR, JUNTO A TI SENHOR 
    JUNTO A TI EM TUA PRESENÇA 
    JUNTO A TI SENHOR, JUNTO A TI SENHOR 
    JUNTO A TI EM TUA PRESENÇA 

    QUERO SER VASO EM TUAS MAÕS, PRA TE EXALTAR E ADORAR
    VEM MOLDAR O MEU CORAÇÃO E TODO O MEU SER VEM INUNDAR...

    QUERO MAIS SENHOR, MUITO MAIS, SENHOR, EU QUERO MAIS DE TUA PRESENÇA
    QUERO MAIS SENHOR, MUITO MUITO MAIS, SENHOR, EU QUERO MAIS DE TUA PRESENÇA.

    MERGULHAR NO RIO DE AMOR, E ME EMBREAGAR NO TEU PODER, TRANSBORDAR NAS AGUAS DO LOUVOR, EM TI ME ACONCHEGAR TE CONHECER ....

    MERGULHAR NO RIO DE AMOR, E ME EMBREAGAR NO TEU PODER, TRANSBORDAR NAS AGUAS DO LOUVOR, EM TI ME ACONCHEGAR TE CONHECER......HO HO HO 

    HO HO HO HO HO HO HO






    Ele é Santo
    Jucelaine Dourado


    A cada momento que passa
    Estamos chegando mais perto do fim,
    Já é a ultima hora,
    Jesus não demora está vindo ai,
    Será um dia glorioso,
    Jesus sua noiva vai arrebatar,
    E o adeus a este mundo,
    Pra sempre vamos dar,
    Vai ser grande o desespero,
    No mundo inteiro muitos vão chorar,
    A mãe vai procurar seu filho,
    Mas infelizmente não vai encontrar,
    No radio, na televisão,
    Tentam explicar o que aconteceu,
    Aquele povo barulhento,
    Chamados de loucos,
    Eles desapareceram



    E a igreja lá no gloria,

    Canta o hino da vitória,

    Dando honra ao cordeiro que venceu,

    Ali não haverá mais choro,

    É só glória sem cessar,
    Num coral com vestes brancas,
    Nos vamos cantar.

    Santo, santo, santo,
    É o leão da tribo de Judá
    Santo, santo, santo, santo , santo é jeová.



    Ele é santo é adorado,

    Rei dos reis senhor amado,

    É o cordeiro que foi morto e reviveu,

    Ele é o príncipe da paz é o guarda de israel,

    Vamos todos adorá-lo ele é o Emanuel.






    A Espera de Um Milagre

    Shirley Carvalhaes




    No momento que olhei e te vi sentado ali
    Com semblante abatido, moribundo e coração sofrido
    Com um fardo de problema, sem ninguém, estás sozinho, sem amigo
    Cansado de viver tantas ruínas e decepções, à espera de um Milagre
    Mas digo: O mesmo que Deus fez lá em Betesda, Ele fará hoje aqui!
    Se as barreiras são tão grandes que você não pode ultrapassar
    Deus hoje abre o caminho e diz: "Meu filho, Eu estou aqui contigo, você não está sozinho!"
    Deus vai adiante, derrubando as muralhas pra você passar
    Deus vai adiante, se na cova ou na fornalha contigo está
    Deus vai adiante, destruindo todo laço, todo embaraço por você
    Deus vai adiante, derrotando, destruindo os inimigos teus
    Deus vai adiante, pra mostrar pra todo mundo que só ele é deus
    Deus vai adiante, garantindo eternamente a sua Vitória, por você
    Poderoso, Raiz de Davi, Eloih, Ha Mashiach, Nissi
    Exalte o Seu Nome
    Glorioso, o Grande e Fiel, Deus Conosco, o Emanuel
    Ele é Quem te dá a Vitória, quando quer abençoar não tem dia e não tem hora (Ele é Deus! - na 2ª vez)
    Final:
    Ele é Quem te dá a vitória, quando quer abençoar não tem dia e não tem hora
    Ele é Deus..




    Abraça-me
    André Valadão


    Ensina-me a sentir Teu coração
    Jesus, quero ouvir Teu respirar
    Tirar Teu fôlego com minha fé
    E Te adorar
    Jesus, Tu és o pão que me alimenta
    O verbo vivo que desceu do céu
    Vem aquecer meu frio coração
    Com Teu amor
    Abraça-me (2x)
    Cura-me (2x)
    Unge-me (2x)
    Toca-me (2x)
    Vem sobre mim com o Teu manto
    Reina em mim com Tua glória
    Pois ao Teu lado é o meu lugar
    Aleluia, aleluia





    Mudanças
    Grupo Álamo

    Senhor, meu Deus, em mim já não dói mais
    Aquela dor que me tirava a paz
    Senhor, meu Deus, como é bom Dizer:
    Que em meus tristes abismos
    Os teus olhos pude ver

    Então senti que a noite era toda amanhecer
    Tua voz do céu ouvi e isso sei me fez vibrar
    E toda aquela dor, que foi que era o meu morrer
    Tornou-se toda em vida e então vamos cantar

    Senhor, meu Deus, quer do norte ao sul
    Se perto estamos, flores se abrem e o céu é azul.

    Então senti que a noite era todo um amanhecer
    Tua voz do céu ouvi e isso sei me fez vibrar
    E toda aquela dor, se foi que era o meu morrer
    Tornou-se toda em vida e então vamos cantar

    Senhor, meu Deus, quer no norte ou sul
    Se perto estamos, flores se abrem e o céu é azul.









    Semana que vem é o dia da ESCOLA DOMINICAL, voce lembra de alguma musica que cantava em sua infância ? Mande por comentário!